Quati

Posted by:  :  Category: Quatis

(Nasua sp.)

Mamífero aparentado do guaxinim, possuindo entretanto um nariz mais comprido, e um corpo mais alongado. Com patas que lembram remotamente as dos ursos, muito úteis para escaladas em árvores. A coloração, em geral, é cinzento-amarelada, porém muito variável, havendo indivíduos quase pretos e outros bastante avermelhados, focinho e pés pretos, cauda com 55 cm, com sete a oito anéis pretos. Mede de corpo 70 cm. Vive em bandos de oito a dez, é praticamente onívoro, e se adapta bem ao cativeiro.

Durante o dia, os quatis percorrem as matas em bandos. Alimentam-se de frutos doces, insetos, pássaros, ovos, larvas e vermes.
Possuem um focinho longo e pontiagudo, que se move constantemente farejando tudo. É ágil tanto sobre as árvores, onde faz suas pilhagens e dorme nas posições mais extravagantes, quanto em andanças pela terra, que esburaca à cata das minhocas e larvas de que também se alimenta.
Quando perseguidos por caçadores, abrigam-se nas árvores, mas ao primeiro tiro lançam-se ao solo protegendo entre os braços o focinho que é muito sensível. Seu cheiro é forte e desagradável.

Há quatro espécies semelhantes desse pequeno carnívoro do gênero Nasua, encontrado desde o Panamá (América Central) até a Argentina. quati vermelho vivem em grandes bandos formados de fêmeas e machos jovens. Com mais de dois anos os machos já vivem sozinhos, juntando-se ao bando somente na época do acasalamento, que acontece no fim da primavera.

Curiosos e inquietos, os quatis realizam proezas de equilíbrio. Mais ativos nas primeiras horas do dia e ao crepúsculo, dormem onde a noite os surpreende e não demonstram apego por territórios fixos. Passam de uma região a outra segundo os estoques de alimentos que encontram a seu dispor.
As fêmeas cuidam dos filhotes, cujo número varia de dois a cinco por ninhada e nascem após uma gestação de 73 a 77 dias. Por mais de um mês, estes permanecem em seu ninho, no oco de uma árvore. O quati alimenta-se de minhocas, e insetos e frutas. Aprecia também ovos, legumes e especialmente lagartos. Não gosta de água mas pode nadar bem. Dorme no alto das árvores, enrolado como uma bola, e não desce antes do amanhecer.

Fonte: www.ecoblogando.wordpress.com


?>