Sapo-boi

Posted by:  :  Category: Sapos


Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Família: Bufonidae
Gênero: Rhinella
Espécie/Nome Científico: Rhinella schneideri
Nome Popular: Sapo-boi, sapo-cururu

Alimentação: Insetos, principalmente da Ordem Ordem Hymenoptera.

Reprodução: Os machos costumam vocalizar próximos a lagos, lagoas e açudes, em áreas abertas apenas a noite. O amplexo (abraço nupcial) pode durar 40 horas até que ocorra a ovoposição e o acasalamento pode durar até 10 horas. A desova é feita na forma de cordões gelatinosos em ambientes lênticos (ecossistemas aquáticos de água parada).

Características: Anfíbios de grande porte com membros curtos, coloração varia de castanho-claro a escuro, pele áspera e seca. Possui glândulas de veneno atrás dos olhos e atrás das tíbias, se ingerido pode causar complicações nos sistemas nervoso e circulatório.

Habitat: Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica, tem ampla distribuição na América do Sul, sendo encontrados na Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai. Estão bem adaptados às áreas degradas e podem ser encontrados nos centros urbanos.

Atividade: Se alimentam em baixo de postes de iluminação que atraem insetos, podem ser encontrados a quilômetros dos cursos d’água, durante o dia se escondem em baixo de pedras e troncos de madeira.

Classificação IUCN: Pouco preocupante – A espécie tem uma ampla distribuição e se adapta muito bem às áreas alteradas pelo homem.

?>